Seguidores

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

O falso Cego



Um falso cego finge não enxergar pra não ter que aceitar os erros e ou a vida... Vai vivendo de conveniência... Mas não se sabe ate quando dará conta de suportar a sua fantasia.
Então chegará um dia... que a luz da verdade, será intensa e talvez... vc não possa mais enxergar.

(São Mateus 6,3)
Quando deres esmola, que tua mão esquerda não saiba o que fez a direita.

Infelizmente, todo mundo que tenta ou pratica a boa ação seja ela em materialidade ou ombro amigo... mais tarde irá te cobrar com juros e correção.






Muita gente vive da mentira, do falso juramento, da maldade e ainda assim... crê que é correto. Sustenta seus argumentos mesmo sabendo que são devaneios, que são caprichos...

Assim também vós: por fora pareceis justos aos olhos dos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade.(São Mateus 23,28)



A soberba tem muitos filhos: orgulho, vaidade, vanglória, arrogância, prepotência, presunção, auto-suficiência, amor-próprio, exibicionismo...
(Professor Felipe Aquino)


"Parei num silêncio doído sem saber muito o que fazer. Às vezes o amor é tão frágil que pede silêncio, respeito e tempo, para depois poder agir da forma mais sábia possível, pois a melhor só Deus é capaz. "



Sobre o Perdão:
Somos muito orgulhosos em conseqüência do pecado original enraizado em nós, e por vezes, contemplamos as situações somente a partir do ângulo de nossas próprias razões. Nunca queremos dar o braço a torcer, e sempre queremos ter a razão, e , muitas vezes, a temos mesmo. Porém, "amar significa perder para ganhar", perdoar é superar a própria razão por uma realidade mais nobre.


Por mais injustiçados que já tenhamos sido, a atitude mais racional diante de tal situação é o perdão. A mágoa nos torna pequenos e empobrecidos, além de nos causar inúmeras enfermidades de acordo com muitos dados científicos.


O portador do ódio é sempre o mais prejudicado. Quando estamos magoados pensamos na pessoa que nos causou essa mágoa durante 24 horas por dia, e acabamos por "aprisioná-la" dentro de nós. Aquele que alimenta o ódio enxerga somente a si mesmo, o seu sofrimento, fragmentando a própria existência e deixando de lado outras realidades essenciais.

(Adriano Zandoná)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro ler seu comentário. Isso me deixa muito mais feliz. Obrigada!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Atalho do Facebook